Trabalho remoto: TJRN chega a 70 mil sentenças produzidas durante a pandemia da Covid-19

Entre os dias 16 de março e 14 de junho, o Poder Judiciário do Rio Grande do Norte produziu 70.379 sentenças, 70.962 decisões e 171.187 despachos. Ao todo, são 312.528 atos processuais produzidos neste período no qual a Justiça potiguar vem atuando em regime de trabalho remoto como forma de prevenção e proteção contra o novo coronavírus. Também nesse intervalo, foram arquivados em definitivo 84.620 processos, enquanto foram recebidos 51.853 casos novos. Os dados foram compilados pela Secretaria de Gestão Estratégica do TJRN, com base no painel de Produtividade Semanal – COVID 19 do Conselho Nacional de Justiça.

Até o dia 31 de maio, a Justiça Estadual contabilizava 61.127 sentenças, 61.647 decisões e 147.386 despachos produzidos. Entre os dias 16 de março e 31 de maio o Poder Judiciário potiguar havia arquivado 61.975 processos e recebido 36.587 novos casos.

Sentenças

Com 70.379 sentenças, o TJRN é o quinto mais produtivo neste quesito entre os 12 tribunais considerados de pequeno porte pelo CNJ. Estão a frente do TJ potiguar, os TJs de Alagoas (105.108), do Mato Grosso do Sul (92.566), do Amazonas (71.922) e da Paraíba (71.663).

Em 31 de maio, o TJRN contabilizava 61.127 sentenças, o que significa um aumento de 15,1% desde então.

Decisões

O TJRN é o quinto em relação ao número de decisões proferidas, com 70.962 decisões. Entre os 12 tribunais de pequeno porte, lideram neste quesito o TJRO (183.564), TJAL (126.513), TJMS (115.609) e o TJAM (100.637).

Em 31 de maio eram 61.647 decisões registradas, aumento de 15,1% desde então.

Despachos

Já em relação ao número de despachos, o TJRN permaneceu em quarto entre os tribunais de pequeno porte, com 171.187 despachos produzidos. Este quesito é liderado pelo TJPB (258.534), TJMS (228.891) e o TJSE (196.047).

Eram 147.386 na contagem de 31 de maio, o que representa agora aumento de 16,1%.

Atos cumpridos

O levantamento também indica a quantidade de atos cumpridos por servidores, onde o TJRN é o quarto dentre os tribunais de pequeno porte, com 2.009.735. A liderança é do TJMS (4.566.391), seguido do TJRO (2.823.996) e do TJAM (2.587.036).

Até 31 de maio eram 1.707.196 movimentos contabilizados, crescimento de 17,7%.

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200