CNJ: webinários para automação do PJe ampliam formação em TI para a Justiça brasileira

Mais de 800 pessoas de todos os estados brasileiros já participaram dos seis webinários do Programa de Formação para Automação Avançada no Processo Judicial Eletrônico (PJe). Organizado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o treinamento tem a proposta de oferecer uma experiência permanente de formação em tecnologia aos técnicos dos tribunais, voltada para a automação em sua plataforma de processo eletrônico.

Semanalmente, desde o dia 24 de abril, a Gerência Executiva do PJe promove os encontros nos quais são tratados temas como a otimização de fluxos do PJe, robotização, serviços de nuvem e Inteligência Artificial (IA). A ação é permanente, para elevar o nível de automação do sistema PJe, com o aproveitamento das soluções já existentes e das experiências acumuladas pelos tribunais. Além das apresentações técnicas, durante os encontros, há espaço para interação, atividades práticas e uma semana dedicada a orientações.

De acordo com o juiz auxiliar da Presidência do CNJ Bráulio Gusmão, o webinar fomenta o compartilhamento de experiências exitosas e a consolidação do conceito de comunidade da plataforma PJe, numa parceria permanente com os tribunais na busca de soluções para o desenvolvimento do PJe.

O último webinar contou com mais de 190 pessoas, que debateram sobre o funcionamento da nuvem do PJe. Já estão marcados mais dois encontros para junho: um nesta sexta-feira (5) sobre “Como utilizar serviços de IA” e outro, no dia 12 de junho, com o tema “Implementando serviços de IA no Sinapses”.

Página atualizada

Para facilitar o acesso às informações tanto dos encontros online quanto das últimas notícias sobre o PJe, a página da plataforma no portal do CNJ foi totalmente reformulada e pode ser acessado aqui. Ela reúne ainda todos os programas ligados ao sistema PJe, como o Banco Nacional de Monitoramento de Prisões (BNMP 2.0) e Sistema Eletrônico de Execução Unificado (SEEU). As mudanças trouxeram mais facilidade para aqueles que buscam informação sobre a plataforma PJe, pois concentra todo o conteúdo que envolve o tema em um só local.

Esta proposta está alinhada aos macrodesafios da Estratégia Nacional do Poder Judiciário, especialmente no que diz respeito ao tema da celeridade e produtividade na prestação jurisdicional, na racionalização dos recursos públicos, na disseminação de conhecimento e boas práticas no âmbito do Poder Judiciário, no desenvolvimento colaborativo dos sistemas de informação, e prioritariamente, no aperfeiçoamento da governança e da gestão da tecnologia da informação e comunicação.

* Com informações da Agência CNJ de Notícias

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200